Amigo da História

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Livros Zéfiro Viriato
Info: O seu browser não aceita cookies. Para colocar produtos no seu carrinho e comprá-los, precisa de activar os cookies.
PDFImprimirE-mail
Verdadeira História de... O Areias, AViriato Trágico

Viriato
Clique na imagem para ampliar


Viriato

Ref: z64

Preço por Unidade (Unid.): € 17.90
€ 16.11
Poupa: 10.00%


A Epopeia Lusitana
Narrativa Histórica

Teófilo Braga
Zéfiro
16 x 23 cm - 240 pp

Viriato é uma narrativa histórica sobre A Grande Epopeia da Lusónia, cujo símbolo está encarnado no mítico chefe lusitano, que sonha com uma terra liberta do jugo de Roma.

Para o sábio Idevor – conhecedor das mais antigas tradições lusitanas –, o sentido místico do nome Viriato encontra-se ligado ao Touro – animal tutelar dos nossos antepassados, símbolo da valentia e da missão libertadora do herói.

Viriato, o libertador da Lusitânia, é reconhecido como sendo digno de receber a Víria: o Colar dos Três Crescentes, legado da época em que os Estados lusitanos estavam unidos solidariamente nos costumes e no governo da Callaecia e da Bética, em torno da Lusónia.

Andergus desejava forjar com as suas mãos uma espada que fosse companheira de Viriato nas batalhas contra o invasor romano. Mas o druida sabia que tal espada heróica – consagrada para as vitórias – existia e que o seu poder tornava invencível quem a cingisse: a Espada Gaizus! Talismã de liberdade, achava-se oculta, enterrada em chão lusitano…

O herói Viriato aceita o desafio invocado no antiquíssimo Tesouro do Luso, o Poema da Raça, que encerra o destino da Lusitânia e das suas gentes.


Joaquim Teófilo Fernandes Braga (1843-1924) nasceu em Ponta Delgada e faleceu em Lisboa. Desde cedo revelou interesse pelas manifestações espirituais do povo português, desde a literatura à religião, à arte, às tradições e aos costumes. Em 1861 vai para Coimbra, onde frequenta o curso de Direito, vindo a doutorar-se em 1868. Colabora na Revista de Coimbra, entre outras, opondo-se frontalmente ao ultra-romantismo e participando activamente na Questão Coimbrã. Em 1872 fixa-se em Lisboa, passando a leccionar literatura no Curso Superior de Letras. Em 1910 é convidado para Presidente do Governo Provisório, tendo sido mais tarde eleito Presidente da República, em 1915. Dedicou-se à história da literatura portuguesa e aos estudos etnográficos. Além de obras de carácter histórico-literário, escreveu também poesia, ficção, etnografia e filosofia.

Disponibilidade

Prazo de Entrega (aprox.):

5 dias


Comentários de Clientes:

Não existe qualquer comentário a este produto.
Por favor faça o seu LogIn para escrever um comentário.


Faixa publicitária

Loja Virtual


Todos os Produtos


Procura Avançada
Ver Encomenda
De momento, o seu carrinho de compras encontra-se vazio.

Artigos Maçónicos

Esquadro e Compasso

Showroom 360º

 

Outros Produtos

€ 10.00




€ 7.50
€ 6.75
Poupa: 10.00%




€ 10.00




€ 12.30


€ 105.00


Palavras dos Clientes

Saudações lusitanas!
Obrigada pela prontidão do meu pedido. Irei certamente encomendar mais artigos. São todos apelativos e cheios de simbolismo histórico. Bem-haja pela ideia e realização de tão importante espaço.

Ana Paula Paiva


Subscrever Newsletter

Email: *
Nome:

Inquérito

Acha que se justifica o showroom estar aberto de manhã?
 

Quem está em linha?

Temos 89 visitantes em linha

Visitas

1228950
desde 5 de Outubro de 2006

Showroom Amigo da História | Esquadro e Compasso na SIC Notícias